WhatsApp Ligue agora

Modelos de lâmpadas: conheça os diferentes tipos e funções.

Existem diversos tipos de lâmpadas expostas no mercado, porém você conhece a função e indicação de cada uma?

Lâmpadas Incandescentes

Esse modelo de lâmpada possui baixa eficiência, apenas 5% da energia elétrica consumida é transformada em luz, todo o restante é transformado em calor. Dessa forma, as mesmas estão gradativamente sendo trocadas pelos modelos fluorescentes.

Seu uso normalmente se encontra em residências e comércios, para iluminação geral. Também estão presentes em iluminação interna de fogões e geladeiras.

Lâmpadas Halógenas

Consideradas também lâmpadas incandescentes, porém, por esse tipo de lâmpada possuir halogêneo (bromo ou iodo) são denominadas halógenas. Elas são separadas em dois grupos, são eles:

Lâmpadas do primeiro grupo – tensão de rede 110v ou 220v

Halógena Palito ou Lapiseira

Halógena haloPAR (20,30 e 38)

Halógena Halopin

Halógena Bipino

Lâmpadas do segundo grupo – baixa tensão de rede (12v)

Halógena Dicróica e Mini Dicróica

Halógena PAR 16 ou Gz 10

Halógena AR (48, 70 e 111)

Normalmente são utilizadas para destacar objetos ou determinada área, pois apresentam alto controle do facho de luz.

Lâmpadas Fluorescentes

O modelo fluorescente ganhou grande espaço no mercado devido ao seu baixo consumo de energia. Até pouco tempo atrás, as únicas cores disponíveis eram branca e azul. Porém, com a alta procura, os fabricantes têm investido em mais opções.

São comercializados 3 modelos:

Tubular: as mais comuns e antigas das fluorescentes, é necessário o uso de reatores eletrônicos externos.

Compacta eletrônica: seu acendimento é automático devido ao reator que já faz parte da lâmpada.

Compacta não integrada: não apresenta o reator acoplado à lâmpada.

Podem substituir o uso de lâmpadas incandescentes e são utilizadas normalmente em iluminações gerais de residências e comércios.

Lâmpadas de LED

Estes são os modelos considerados mais tecnológicos. Os mesmos convertem energia elétrica diretamente em energia luminosa, através de pequenos chips. Ecologicamente correta, as lâmpadas de LED tem um consumo de energia baixíssimo e possuem longa vida útil. Como utilizam baixa tensão de rede (10v ou 24v) necessitam de transformador.

São procuradas para iluminação de destaque em ambientes residenciais e comerciais. Podem ser utilizadas em spots, arandelas, balizadores e na iluminação de fachadas.

Fonte: Clique Arquitetura
ENVIAR MENSAGEM
%d blogueiros gostam disto: